No Caminho

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Recebi este presente do meu amigo Eder



Na caminhada, há dias difíceis, há insatisfações, há dissabores. Há pessoas que lutam com todas as forças, ainda assim, sucumbem diante do maior desafio do ser: vencer a si mesmo. No meio do caminho há pedras... é necessário sujar os pés, comer pão de dores. Há quem corra sem saber onde chegar, nem sempre quem chega primeiro ganha o prêmio. Há noites tenebrosas, momentos de incertezas. Há vezes em que emudecemos sob catastróficas decepções. Há dias que nos sentimos livros não lidos, desprezados em prateleiras empoeiradas, que talvez nunca sejam reencontrados.

Mas há também colheita daquilo que foi semeado com lágrimas. Há pássaros cantarolando canções de esperança. Há graça. Isso basta. Há quem nos faz afago com as palavras. Há companheiros que encontramos a beira do caminho que nos convidam a descansar, recarregar a batéria, enquanto se oferecem gentilmente pra levar a mochila e o cantil. Há quem nos ajude a caminhar mais uma milha. Na estrada, há quem saiba fazer o percurso parecer mais curto e menos espinhoso do que realmente é. Há aqueles que nos ensinam o sentido da caminhada, cada gesto seu nos inspira a reafirmar: vale a pena!






Marcas (Grupo Logos) | Composição: Paulo Cesar

Causa surpresa para muitos hoje em dia rever histórias que o tempo não levou
Como os discípulos deixaram suas redes, o seu pão, a sua vida e seguiram a Jesus
E muitos deles, certamente a maioria, não tiveram vida boa, mas trocaram por melhor:
Andaram perto do Senhor, viram milagres de amor, deixaram marcas...

Iguais a eles são bem poucos hoje em dia que andam realmente perto do Senhor
Que, já libertos de seus vícios e pecados, vivem como perdoados propagando a Salvação
São tais pessoas que são Fortes, sendo fracas e, por isso, deixam marcas para outros como eu...
Andarem perto do Senhor, verem milagres de amor, pisar em marcas...

Quero pisar sobre estas marcas de valor, pagar o preço de alguém que se dispôs também
A atender a mesma voz que hoje chama e diz: "Segue-me!"
E não importa o que eu tenha que deixar, quero levar comigo minha tão pequena fé
Pra repartir por onde Deus me permitir andar Seu amor...





Recortes da minha alma, que só faria quem tem a misericordia, a generosidade e o  Amor dEle.




3 comentários:

René disse...

Dri,

Que linda homenagem o Éder fez a você, com a inspiração do Espírito de Cristo!

Hoje confirmo o que suspeitei ontem: foi seu aniversário, não?

Que o Senhor encha o seu coração e a sua vida com a Sua Paz! Que Suas bênçãos estejam sobre você e toda a sua casa!

Grande abraço, amada amiga, e parabéns!

Cláudio Nunes Horácio disse...

Lindo, lindo! Cada palavra do texto e da música, tudo sinfonia e sintonia com o espírito da Palavra. Bj

Amana disse...

grupo logos é sempre um ótimo presente! ;)

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB