Abusadores e abusados.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010



Fui abusado dentro da igreja

Conheço muitas pessoas que foram abusadas dentro da igreja. Pessoas que tiveram sua "infância" roubada por líderes religiosos. "Crianças" infligidas na alma por porcos de espírito e doutrina pervertida. Eu mesmo sou uma destas pessoas.

Infelizmente poucos conseguem sobreviver à esse estupro mental e espiritual, e encontrar Deus apesar das feridas causadas pelos "homens de Deus"…

Não é fácil curar a alma de alguém que teve seu espírito violado… não é um trabalho simples reestabelecer sentimentos de confiança, proteção e segurança em "adultos" que foram abusados quando "crianças"… muitos afastam-se completamente de Deus porque não conseguem entender como Ele pôde permitir que "seus líderes" fizessem tão grande barbaridade com "pequeninos"!

Quando somos apresentados a Cristo e decidimos entregar nossas vidas à Ele, somos feitos novas criaturas. Tornamos a nascer novamente… E desde então começa-se um processo de crescimento cujo o objetivo é sermos transformados por Ele, de modo que passemos a ser à imagem e semelhança de Deus! Nascemos de novo e tornamo-nos "crianças" na fé que devem tornar-se "adultas" na fé… Então, somos bebês na fé, crianças espirituais!

Inicia-se, então, uma caminhada, que começa nesse Novo Nascimento, que deve ser centrada em Cristo. Decidimos desconstruir nossas práticas de pecado e nossas prioridades egocêntricas para aprender as coisas do Céu. Para conhecer mais do Alto. Para obedecermos ao Pai… Para aprendermos a amar a Deus!

Somos então pequeninos na fé! Bebês espirituais que precisam de leite espiritual… somos ainda débeis na fé! "Crianças" espirituais que são dependentes dos "adultos" espirituais! "Crianças" que nasceram da água e do Espírito e que precisam ser alimentadas com alimento de fácil digestão!

Como qualquer criança, nesse período nos sentimos eufóricos e curiosos quanto ao mundo que nos rodeia! No caso de quando nos decidimos por seguir a Cristo, ficamos ansiosos por nos aprofundar nas Escrituras, ficamos curiosos em relação à tudo que diz respeito a Deus… esta sede é natural dos pequeninos na fé! Crianças na fé são imaturas em teologia, na doutrina, no amor, na espiritualidade…

Da mesma forma que é natural, enquanto crianças, depositarmos nossa confiança e lealdade pueris nos de maior estatura, os adultos, também como pequeninos na fé somos leais e confiamos nos de maior estatura na fé, os líderes religiosos… os "sacerdotes"… aqueles que "detêm" profundo conhecimento espiritual, bíblico e doutrinário!

É com eles que aprenderemos a dar os primeiros passos em Cristo. É com eles que aprendemos a discernir as coisas espirituais. O certo do errado. Aprendemos com eles como desenvolver nossa Salvação… aprendemos como dizer as primeiras palavras, ou melhor, como começar a Evangelizar! São destes "adultos" na fé que recebemos a atenção especial, o discipulado básico!

Infelizmente, esse sistema religioso delega poderes abíblicos a alguns "adultos espirituais" que por sórdida ganância e infinda ambição por poder, estupram as "crianças espirituais". Abusam da "autoridade" auto-instituída sobre os pequeninos na fé e violam a alma e o espírito daqueles que são dependentes e necessitados de mais conhecimento de Deus! Estes abutres fazem com que estas "crianças" tornem-se deficientes em sua espiritualidade, faz com que tornem-se dependentes destes "adultos" de forma doentia e pouco saudável! De forma a sugar toda a energia destes "pequeninos", de maneira que, são feitos meros objetos para sua auto-preservação e auto-realização "ministerial"…

Estes traem a confiança e a lealdade dos pequeninos na fé que têm seu crescimento tolhido e interrompido por causa de abusos "doutrinários", "coberturas espirituais" e sistemas religiosos que em nada cooperam para que estas crianças consigam crescer! Na verdade, estes "adultos" não querem que as "crianças" cresçam e entendam que são abusadas por eles…

A espiritualidade ingênua dessas "crianças espirituais" dá abertura ao oportunismo das víboras que mantém o sistema eclesial. Essas crianças na fé têm todo o seu potencial, dinheiro e energia absorvidos em prol do inchamento da instituição "igreja". Que por sinal, não visa a implantação do Reino de Deus, mas a ostentação do governo de lobos em pele de cordeiro; de falsos profetas, falsos pastores, falsos mestres, falsos apóstolos…

Esta não é uma exploração sexual de menores, mas, é a exploração espiritual de "crianças espirituais"! Muitas mulheres e homens que hoje se rendem à prostituição, à homossexualidade e ao vício foram abusados sexualmente quando ainda crianças cheias de vida, pudor e inocência… ninguém pode prever as consequências na alma de quem experimentou um abuso sexual. Da mesma forma, as consequências do abuso espiritual são também imprevisíveis! Alguns tornam-se ateus, desistem de Deus. Outros se afastam de Deus porque conheceram o "Deus" de seus aliciadores espirituais, seus líderes religiosos. E não era deste "Deus" que necessitavam. Outros se entregam de corpo e alma ao pecado porque não suportaram ser esmagados pela legalidade de seus aliciadores espirituais! Contudo, alguns têm sobrevivido e conseguido encontrar uma fé vibrante, autêntica e madura fora desse sistema que abona o abuso da fé dos pequeninos!

Infelizmente, muitas "crianças" espirituais pensam que tudo o que fazem com elas dentro da igreja é normal… esse entendimento é fruto da confiança que depositam em seus "pais" na fé… e acreditam piamente que o seu "pai" na fé não está abusando dela, mas se relacionando! Ensinando, cuidando e alimentando! Por isso nunca despertam para tal abuso… porém, também experimentam as consequências disso mesmo que inconscientes. Outras conseguem enxergar a animosidade desta relação "eclesial" e despertam, denunciam e lutam contra essa triste realidade que poda o crescimento espiritual da Igreja… Os que conseguem ser libertos e curados dessa exploração espiritual entendem que podem ser "adultos" na fé que desempenham seu sacerdócio em Cristo Jesus e dependem apenas do amor dos irmãos, não da imposição de autoridade e coberturas que servem à disfunção espiritual de certos "adultos" doentes…

É necessário dizer NÃO à "pedofilia" espiritual… ao abuso espiritual dos pequeninos na fé! É imprescindível que lutemos contra a exploração espiritual de "crianças" espirituais! Em prol de cristãos maduros, saudáveis e livres!

DENUNCIE!!!

Por Thiago Medanha

http://thiagomendanha.com.br/

Deixei a figura no vazio, de proposito, espero que não seja do tamanho de sua foto.....

2 comentários:

Cristiane Jacob disse...

Ufa........... Estou impressionada.
Boa noite amada, vc conseguiu reproduzir em palavras sentimentos que não conseguimos expressar. Para quem esta de fora é facil julgar, dizer o que pensam, ou simplesmente dizer: " Como vc está? Amamos vc". mas não sabem o que é conviver com este estupro, o que sente um coração vazio, principalmente quando este mesmo coração já esteve cheio....
Existe uma inversão de valores, os bonzinhos é que devem ficar mais duros e passare a não acreditar nos mauzinhos.... Olha que ironia, o mauzinho deve continuar fazendo de vitimas os bonzinhos idiotas....Quem manda serem bonzinhos????????
Mas Amém!
Beijos, amo vcs.

Cláudio Nunes Horácio disse...

É, não e a minha moldura no alto do artigo, mas conheço muitos que se enquadram nela. O pior é que mesmo tentando alertar essas crianças jamais me deram ouvidos. Afinal seus pastores são os únicos dignos de aceitação e sua atenção. Que nosso Abba cuide destas.

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB