Os tortuosos corredores e Porta estreita

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Infelizmente, não são poucos os que confundem os tortuosos corredores dogmáticos com a porta estreita… Eu peço licença para compartilhar com vocês algumas coisas que aprendi durante estes (poucos) anos, nos quais tenho tentado andar sobre as pegadas de Cristo…
Os tortuosos corredores lhe imputam culpa…
A Porta Estreita lhe retira a culpa…
Os tortuosos corredores lançam mãos às pedras…
A Porta Estreita diz – “Nem eu também te condeno” – …
Os tortuosos corredores, apesar de longos, são exclusivos…
A Porta Estreita, apesar de apertada, é inclusiva…
Os tortuosos corredores são falastrões loquazes, sempre tendo algo a dizer sobre todos os assuntos…
A Porta Estreita muitas vezes fica em silêncio, como convém a uma porta…
Os tortuosos corredores são pintados constantemente com o verniz da (falsa) piedade…
A Porta Estreita tem seu umbral alicerçado no amor incondicional e na compaixão verdadeira…
Nos tortuosos corredores eu me perdi…
Na Porta Estreita eu fui achado…
Os tortuosos corredores são só discursos…
A Porta Estreita é uma pessoa!
Aleleuia!

Carlos Amorim

Recomendo!  click aqui    André Amorim tem algo a dizer.

6 comentários:

Regina Farias disse...

Dri,

Minha maior tristeza é saber que esses tortuosos corredores começam em espaços físicos (templos) e findam preenchendo (todos) os espaços do coração.

Corredores loooongos e exclusivos...

:(

Wendel Bernardes disse...

Que texto legal,
poesia e verdades ímpares na medida certa!

"Nos tortuosos corredores eu me perdi…
Na Porta Estreita eu fui achado…
Os tortuosos corredores são só discursos…
A Porta Estreita é uma pessoa!"

Talvez por causa disso nunca se tenha conseguido entender a profundidade dessa 'Porta Estreita', que por ser Alguém, não pode ser medido numa religião!

Muito legal mesmo Drí!

Eduardo Medeiros disse...

oi drica, belê?

muito bom o texto, realmente.

mas toda porta existe em um corredor. ou em uma parede. talvez por isso tenhamos o defeito de muitas vezes errar a porta e dá de cara na parede do corredor.

bejsssss

***Adriana Rocha*** disse...

Dri, como conheço crente do estreito! É realmente, eles vivem num estreito. Recuso-me acreditar que exista liberdade em algum lugar estreito.
É contráditório demais, é desinteligente!
Não sei, pode parecer maluquice da minha,uma vez falei sobre não odiar meus pecados cometidos uma irmã quase me excumungou kkkkk. http://alguemdabibliaemmim.blogspot.com/2010/12/voce-odeia-por-pecar-tanto.html
Ela me disse por e-mail que não comentaria lá pra não compactuar com isso, acredita em E.Ts?

Rita disse...

Paz ,Adriana

Profundamente verdadeiro esse texto,lamentavelmente o corredor desse sistema religiosos está simplesmente lotado,explodindo....

A porta por ser estreita e justa continua de braços abertos....esperando que mais pessoas se atrevam a passar por ela.

Paz e bem!

Hugo Lucena Theophilo disse...

O Carlos...já fui vizinho dele...e aluno. Sem viadagem...se eu não o conhecesse, diria como o Caetano: O Carlos é lindo! rsrs

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB